Mostrando postagens com marcador Por Ai. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Por Ai. Mostrar todas as postagens

09 dezembro 2014

Voltando das Férias: Dicas de Ilhabela!

4 comentários : | |


Olá!

Finalmente, retornando ao ar, após alguns dias de férias! E o post de hoje é um resumão das férias que tive, com dicas da maravilhosa Ilhabela. Fui também à Brasilia, mas as dicas de lá ficam para um outro post. Bora conferir?
Dicas Ilhabela

Ilhabela

Estive por lá durante cinco dias, e foi um período excelente para curtir bastante o lugar. Para chegar lá é preciso pegar uma balsa, pagar uma taxa que varia entre 17 e 22 reais, dependendo do dia da semana, e a travessia dura de 15 a 20 minutos. A ilha tem variadas opções de lazer – das praias com águas calmas na face voltada para o continente, às praias de mar agitado para surf no lado oposto, passando por muitas cachoeiras, poços de água, trilhas na mata, até a curtição do comércio e dos bares e restaurantes da vila antiga. Sem esquecer os vários naufrágios de navios e barcos que aconteceram em volta da ilha, e, pra quem curte, é possível mergulhar e visitar as embarcações naufragadas de perto. É também possível velejar, passear de lancha, de Jet Ski, enfim: Ilhabela é um paraíso de possibilidades!

Dicas Ilhabela


Estadia

Fiquei na Pousada Ecoilha. Como estava fora de temporada, o preço foi muito bom. A pousada é simples e pequena, mas super limpa, de atendimento ótimo e discreto, com café da manhã gostoso, quarto confortável e piscina agradável. O ponto negativo é a distância das praias, do centro e da vila antiga. Em Ilhabela é quase inevitável fazer tudo de carro, mas a Ecoilha é realmente muito distante de tudo. Por isso, prefiro dar a recomendação que minha amiga Diana (frequentadora da ilha sempre que a vida permite) me deu: o Hotel Ilhabela, localizado muito próximo da vila antiga, e de frente à praia Saco da Capela, onde grande parte das dos barcos à vela ficam atracados, criando uma vista linda. Pelo site Booking.com, esse hotel tem preços muito bons também. E, para os mais descolados e tranquilos de grana, recomendo o DPNY, hotel de alto luxo, localizado na Praia do Curral. Detalhe do café da manhã da pousada Ecoilha:
Dicas Ilhabela

Praias

Falando em Praia do Curral, esta é, em minha opinião, a melhor praia para banho, curtição e descanso da ilha. Tem faixa curta de areia, tem mar bom para banho, levemente agitado, e é tomada por bares, que fornecem mesas e espreguiçadeiras direto na areia, sem custo de aluguel por ocupação (é muito comum haver cobrança de aluguel para se ocupar um assento do bar na praia, mesmo sem comprar nada do bar em questão; já passei por isso em Búzios – RJ, e Praia do Forte – BA). Eu e meu marido fomos curtir a Praia do Curral em três dias diferentes, e foi muito gostoso! Recomendo o Balacobaco Bar, com ótimo atendimento.
Dicas Ilhabela Dicas Ilhabela

Dicas Ilhabela

Tivemos também a oportunidade de conhecer a famosa Praia dos Castelhanos, boa para surfe, e realmente atraente nas fotos que vi pela Internet. Azar nosso foi pegar um tempo realmente muito ruim nesta praia, além da dificuldade em chegar até lá: é preciso comprar um passeio de Jeep (70 reais por pessoa), que faz uma trilha tortuosa de 22Km Mata Atlântica adentro. Não recomendo esse passeio: a trilha é perigosa, à beira da montanha de árvores e praticamente só de lama e pedra, com subidas e descidas cheias de lama, pedra, árvores caídas e que podem cair a qualquer momento, sem absolutamente nenhuma segurança. Se desejar fazer o passeio mesmo assim (o assédio das agências de turismo na cidade para vender esse passeio é grande, faz acreditar que vale a pena) não leve crianças pequenas ou pessoas mais velhas, leve casaco para o frio intenso nas alturas de montanha cheia de neblina da trilha, e tenha em mente que muita coisa pode acontecer – de chuva torrencial tornando a trilha um rio em pleno precipício, a queda de árvores, a Jeep quebrado, enfim. E na trilha, nenhum celular pega. Ah, não esquecendo que leva-se cerca de 2h no trajeto. É ir pra encarar frio, medo e perigo, e eu não volto lá – muito obrigada.
Dicas Ilhabela
 
Gostei bastante da Praia Saco da Capela, que fica bem próxima à Vila, e não tem ondas. Ótima pra curtir um sossego. Amigos me recomendaram a Praia de Jabaquara, mas para chegar lá é preciso pegar uma estrada de terra, e não quisemos maltratar o nosso carro (embora fosse possível pagar por uma ida de Jeep até a praia, mas não quisemos isso também). Mas há inúmeras praias lindas de fácil acesso para curtir e visitar, é só pegar o mapa da ilha e escolher.
Dicas Ilhabela
 
Aluguel de Bikes

Delícia é alugar uma bike confortável em qualquer ponto da Praia do Perequê e dar umas pedaladas pela ciclovia que percorre praticamente toda a orla voltada para o continente. Os moradores da ilha usam muito a bicicleta para locomoção, por isso a mesma é respeitada no trânsito, o que deixa o passeio mais seguro. A bike já vem com cadeado, se quiser pedalar até a Vila, curtir por lá, e voltar. São 20 reais por hora, ou 50 reais o dia todo, com a Caiçara Turismo. É alugar, pedalar e se divertir! Mega recomendo!
Dicas Ilhabela


Vila Antiga, Restaurantes, Shopping Mall e Afins

Praticamente composta de um quarteirão, a Vila tem lojas com souvenirs típicos, com algumas roupas (de marcas caras inclusive), sorveterias, restaurantes e bares. Fica de frente ao mar e ao píer que dá acesso aos visitantes que veem de cruzeiros (nos 5 dias em que estive na ilha, vi cruzeiros aportarem por lá em 4 dias – é quase constante). Tem uma praça foca, com direito a chafariz, e uma típica igreja.

Para comer, recomendo a pizzaria Mozzarello, a creperia Na Areia Vila, a sorveteria Daqui, e o café e livraria Ponto das Letras. Amigos recomendaram o bar lanchonete Borrachudo, que vende hambúrgueres e afins.

Dicas Ilhabela

Fora da vila, gostamos de comer no restaurante Pimenta de Cheiro, que oferece refeições completas a la carte com preço amigo, e o restaurante de inspiração tailandesa, da famosa chef Renata Vanzetto, o Marakuthai, para um passeio romântico.

Recomendo o passeio, embora curto, no mall Ardenthia, localizado no Perequê e em frente à praia. Ali há bares e restaurantes, incluindo um restaurante japonês e um árabe, e há algumas lojas. O mall é aberto e existe um pequeno palco, que abriga pequenos shows de voz e violão, gratuitos para quem quiser sentar e apreciar boa música, curtindo a vista do mar. Gostoso para espairecer e esquecer-se da vida.
Dicas Ilhabela

Dicas Ilhabela


Os Temíveis Borrachudos

Infelizmente não dá para falar de Ilhabela sem tocar nesse assunto. Por abrigar uma vasta área de Mata Atlântica, com muitas cachoeiras e rios, a ilha é praticamente uma concentração absoluta de borrachudos. Esses mosquitos são ardilosos! São rápidos, menores do que os mosquitos normais (parecem mini moscas), não fazem barulho e sua mordida não dói. E eles estão em todos os lugares. Pra completar, a mordida, que não dói quando ocorre, via de regra fica inchada depois de alguns minutos, e coça. Muito. Muito. Muito. Conclusão: o uso do repelente de insetos é mandatório. Mais: use o repelente em CREME, e não em spray. O Spray evapora em questão de minutos, e é ineficaz. O creme hidrata e protege muito mais. E esteja ciente que tem de passar o repelente praticamente nas 24 horas do seu dia. Eu me cuidei muito com repelentes em creme, mas voltei para casa com mais de 40 picadas!

E... basicamente é isso, minha gente! Não vou falar sobre cachoeiras aqui, porque não fui à nenhuma. A combinação de trilhas na mata, associada a tempo chuvoso e à concentração de borrachudos fez com que eu e meu marido deixássemos as cachoeiras para outra oportunidade.

Estou editando um vídeo com filmagens curtas que fiz de algumas praias, e provavelmente estará no ar amanhã aqui no blog.

Amei Ilhabela, super recomendo! Espero que aproveitem as dicas! E me contem se já estiveram por lá!

Beijos ; )

10 setembro 2014

Viagem: O Cool e o Real de Buenos Aires em uma entrevista!

2 comentários : | |
Oi, gente!! Estou muito feliz porque hoje vamos falar de viagem!
Uma amiga querida, Diana Zechin, viajou recentemente para Buenos Aires a trabalho, e teve um bem-vindo tempinho pra passear na cidade! A Diana é daquelas pessoas bacanas que amam viajar (quem não, né) e que aproveitam o máximo de um local quando o conhecem, batendo perna, absorvendo cultura, conhecendo a gastronomia, fazendo de tudo um pouco!
Conheço pessoas que já foram algumas vezes à Buenos Aires, e eu mesma já fui, mas é sempre bom ouvir a opinião de quem foi mais recentemente e viu tudo pela primeira vez ao vivo.

É por isso que eu encontrei com a Diana e perguntei a ela sobre o melhor de Buenos Aires, e pedi dicas de tudo. E também aproveitei para falar um pouco sobre moda e beleza, já que a Diana, como toda mulher-diva de hoje, também está ligada nestes assuntos e tem um estilo muito próprio e elegante. Vejam a entrevista abaixo, e aproveitem!

Ah, não percam as cenas do próximo capítulo, porque vou compartilhar com vocês dicas gastronômicas de Paris, de outra amiga querida! Minhas amigas viajantes, adoro! =D

Até mais! ; )

AF: E aí Diana, obrigada por compartilhar um pouco de sua viagem com a gente! Pra começar, nos conte qual foi a principal impressão que ficou registrada em relação à Buenos Aires.
Diana: De simpatia! A cidade é muito bonita, com muitos prédios com sacadas cheias de jardineiras de flores, as ruas e praças tem carinha de Europa e as pessoas foram muito receptivas, na rua, taxis, lojas. Ao mesmo tempo foi um pouco triste, porque devido à situação política e econômica atual da Argentina, Buenos Aires tem um ar um pouco decadente, com muitos mendigos na rua, pichações, protestos e o desânimo da população com tantos desempregados e o peso argentino extremamente desvalorizado. Para quem viaja é um bom momento, pois os reais ou dólares convertidos em pesos valem muito e em todos os locais eles estão prontos para atender muito bem os turistas, que no momento ajudam muito a girar a economia local.
AF: Qual local ou quais locais você recomenda para conhecer e tirar fotos?
Diana: Eu gosto muito de andar a pé pelas cidades que conheço, para poder ver com mais calma os lugares. Recomendo caminhar pela Av. Nove de Julho, onde fica o obelisco, e depois seguir até a Praça de Maio, onde fica a Casa Rosada e a Catedral Metropolitana. Por esse caminho além de ver os pontos turísticos óbvios e também muitos teatros e museus, dá para sentir um pouco o clima da cidade e observar as pessoas e como elas vivem em Buenos Aires.
 
 
AF: Onde não dá pra deixar de ir de jeito nenhum? E tem algum lugar onde não ir?
Diana: Não dá para não ir à Puerto Madero. Muito restaurantes excelentes para todos os gostos, lojas, pontos turísticos e é um ótimo local para caminhar, ver a paisagem e as pessoas passeando. Um lugar que eu não voltaria é o Caminito, na Boca. É um point muito famoso, onde dançarinos de tango ficam nas ruas fazendo performances e tirando fotos (pagas, claro) com os turistas. Próximo também está o estádio do Boca Juniors, mas eu achei um bairro barra pesada e feio. Tem que ir porque faz parte dos pontos turísticos de BA, mas vá durante o dia, agarre a bolsa, e saia antes de escurecer. Lá também não é um bom local pra comer. Conversando com os comerciantes locais todos me recomendaram voltar para o Centro ou Puerto Madero para comer, pois na Boca os restaurantes são caros sem entregar uma qualidade semelhante a outros restaurantes de Buenos Aires.
 
 
 
 
AF: E um passeio diferente, mas que valha a pena? Pode ser mais de um também!
Diana: eu gostei muito do bairro San Telmo. Inclusive fiquei sabendo que foi o primeiro bairro onde os ricos de Buenos Aires moravam. Quando teve uma epidemia de um tipo muito forte de gripe, as pessoas mais abastadas tentaram se isolar o máximo possível, e foi assim que surgiu a Recoleta, e San Telmo deixou de ser o bairro rico de BA. Mas ainda é um bairro muito charmoso, com ruas lindas, muitos restaurantes, padarias, confeitarias, e o mais importante, onde a Mafalda fica para receber todos os visitantes! ;)


Outro passeio muito legal foi um que você me indicou, a Fragata Sarmiento, em Puerto Madero. Um museu que é um navio aposentado, mas muito bem cuidado! Adorei!
 
 
AF: O que achou do povo de BA?
Diana: Simpáticos e muito parecidos com os brasileiros, nos pontos bons e ruins...rs.

Sempre tentando falar as coisas em português quando percebiam que eu era brasileira.

AF: E o Tango?
Diana: Fui ao Sr. Tango, que não é um show de tango tradicional, mas sim um show de tango criado especialmente para turistas. Achei maravilhoso, dançarinos e músicos de primeira qualidade. Vale muito a pena. Mas quem busca o tango mais tradicional, deve procurar os lugares menos badalados em San Telmo, onde tradicionalmente há muitas décadas atrás os dançarinos se encontravam e faziam suas performances.

AF: Dê uma dica gastronômica!
Diana: Buenos Aires Verde, um restaurante orgânico-vegetariano em Palermo. Comida saudável, muito bem feita e com preço acessível, sem deixar de ser elaborada. Recomendadíssimo!
AF: Não importando a religião, claro, mas sim o local e o contexto atual - você foi à Igreja do Papa Francisco, conte mais sobre isso!
Diana: Na verdade é um pouco engraçado. A Catedral Metropolitana fica na Praça de Mario. Por fora não se parece com uma Igreja, mas sim com uma faculdade de Direito...rsrs, mas por dentro é linda! Independente da religião vale a pena visitar!
AF: Falando de moda, e as vitrines? O que achou da moda de BA?
Diana: Sinceramente, não gostei muito. Achei os sapatos muito feios. Estamos mal acostumadas no Brasil, nossos sapatos são muito lindos!

As roupas e acessórios estavam bonitos. Uma dica é a loja Isadora, que vende bijouterias e outros acessórios como carteiras, lenços, bolsas. Tem coisas lindas!

AF: Dê uma dica de um look bacana para usar em uma viagem como a de BA!
Diana: Em viagens o ideal é que o look seja prático e confortável. Pra mim o melhor é usar uma legging com uma camiseta bacana, ou uma camisa solta, sapatilhas e como lá estava frio e chovendo,  lenços, boinas e um casaco impermeável eram indispensáveis. Sapatilhas Melissa fazem muito sucesso fora do Brasil. Em BA fui parada por mulheres na rua duas vezes para perguntarem onde eu tinha comprado minha sapatilha.

Sem contar que são práticas, você não precisa tirá-las para passar no raio-x do aeroporto e se estiver chovendo ou se sujar em algum lugar, são super fáceis de lavar.

AF: Você comprou alguma roupa, acessório ou maquiagem que achou que valiam a pena pelo preço ou pelo estilo?
Diana: Sim, comprei muitos acessórios nessa loja Isadora. O preço convertido para reais estava ótimo e os acessórios eram muito estilosos!

Maquiagens e perfume só no free-shop. MAC e outras marcas em BA estavam mais caras do que comprar aqui no Brasil com os impostos.

AF: Fechando, defina sua viagem em uma frase!
Diana: Comer, caminhar e comprar! :P

OBRIGADA, beijos!

01 setembro 2014

8 Idéias Para um Mês Promissor – Oi, Setembro!

Nenhum comentário : | |
Olá, gente!!

Setembro chegou! E com ele, muita coisa boa! Listo aqui algumas idéias e/ou fatos maravilhosos que podem fazer de Setembro ser um mês promissor. Bora conferir?

1 – Chegada da Primavera!
A Primavera chega ao Brasil oficialmente no dia 23. Sua chegada em 2014 traz as flores maravilhosas, a brisa suave, os dias com temperatura amena, e um convite a ser mais feliz e aproveitar a vida! 
2 – Com a Primavera, as Novas e Lindas Coleções de Moda
As coleções de Primavera estão dando o ar da graça, e estão maravilhosas. Já viu o post que fiz sobre a coleção C&A Ama Estampa?
Estampas de todos os tipos, principalmente as florais, a volta de jardineiras, transparências, vestidos mais curtinhos e acinturados (veja abaixo esse vestido muso da Elie Saab), saias fluidas (o comprimento midi ainda vai pegar), tênis estampados estilo slip on (a Arezzo e a Schutz estão com modelos lindos - veja abaixo o modelo da Givenchy, que deuso), sandálias coloridas, tudo isso é a Primavera na Moda! Adoro!


3 – Última “rapa” das Liquidações de Inverno
Atenção, com as coleções novas ocupando todas as araras das lojas, do fast fashion à alta moda, as últimas pecinhas em promoção estão sendo eliminadas. Setembro é o último mês pra ver alguma coisa com desconto das coleções de Inverno, e isso no começo do mês. Fique de olho.

 
4 - Expoflora
Morando em São Paulo ou não, a Expoflora é uma exposição maravilhosa de flores que merece o esforço de uma visita. A Expoflora começou no dia 29 de Agosto e vai até 28 de Setembro, e ocorre na cidade de Holambra (fica a 140Km de São Paulo capital). Holambra é uma cidade colonizada por holandeses, por isso a Expoflora tem toda uma inspiração na cultura da Holanda, com danças típicas, alimentação com doces também típicos, e decoração inspirada no país que abriga a capital Amsterdam. Mas a decoração efetiva da Expoflora são as maravilhosas flores. São inúmeras espécies, das raras às comuns, mas não de menor beleza. É possível comprar flores, é claro, mas é lindo mesmo ver os arranjos que os organizadores montam. É de encher os olhos! A entrada na exposição é paga, e é possível comprar o ingresso pela Internet, no site oficial. Navegando na Internet encontrei algumas agências de turismo que promovem excursões para a Expoflora, em vários Estados do Brasil - vale a pena pesquisar se você estiver com vontade de ir à exposição e não estiver perto de Holambra.
5 – Oportunidade para se Focar nos Cuidados para o Verão
Acho que é um sinal essa coincidência de o mês começar já numa Segunda-Feira, o dia oficial do início das dietas pra emagrecer! Piadas à parte, que tal começar um projeto sólido de cuidados para ficar o melhor possível no biquíni quando o Verão chegar? Afinal, são 3 meses de cuidados, e depois deste espaço de tempo é possível ver resultados quando existe um esforço. Além disso, o friozinho que dá preguiça já está indo embora e fica mais fácil fazer caminhadas logo cedo ou no final da tarde, assim como dá mais ânimo ir à academia. E quando a gente começa a se cuidar, tem também mais ânimo para fazer uma alimentação mais saudável. Que tal um suquinho detox todo dia em jejum, pra começar?
6 – Nova Programação na TV Fechada
Não sou rata de TV, mas acompanho o canal GNT e percebi que grande parte dos programas vai ter a nova temporada, com formatos renovados, estreando em Setembro. Isso vale também para outros canais, e séries. No GNT mesmo sei que vão estreiar, dentre outros: a série Lili, a Ex (parece muito engraçada, com a Maria Casadevall, baseada na personagem homônima dos cartoons de Caco Galhardo), o novo Decora, agora com o Marcelo Rosembaum (confesso que preferia a Bel Lobo, veremos); no Multishow, vai estreiar a nova temporada no programa de comédia Vai Que Cola. E por aí vai. Uma alternativa pra tirar o tédio de um final de dia!
Lili, a Ex - GNT
7 – Tempo de Programar o Que Fazer no Final de Ano
Ei, onde vai passar o Reveillon? Vai viajar? Ficar, com amigos, ou família? Começando a pensar agora é possível planejar tudo isso, e ainda guardar o dinheiro necessário para uma viagem bacana ou comemoração interessante quando o ano terminar.
Sim, darling, o ano está acabando. Não se assuste. Me irritam as promoções de Natal adiantado (já vi uma de uma montadora de automóveis e outra de uma rede de bijuterias), acho um abuso da boa vontade do consumidor. Mas não é abuso você começar a se planejar bem para realizar o que lhe fará feliz no final do ano.  Muitas agências, se não todas, já estão oferecendo pacotes com opções para o Reveillon e afins - programe-se.
8 – Comemoração da Independência do Brasil
No dia 07 de Setembro comemora-se a Independência do Brasil em relação à colonização de Portugal. Não gosto de entrar no mérito da política, porque cada um tem a sua opinião e vontade, embora todos desejemos um país melhor e uma vida mais digna. Mas, por isso mesmo, que tal recuperar o nacionalismo que sentimos quando o Brasil joga futebol na Copa do Mundo (bom, esquecendo o 7 x 0 contra a Alemanha), e exercê-lo comemorando os 192 anos de Independência do Brasil? Comemorar significa vestir a camisa, ser feliz por ser brasileiro, exercer cidadania, fazer uma ação boa (ser gentil e educado é uma boa ação), comparecer a um desfile, ou mesmo viajar, mas valorizando o nosso país e visitando uma praia, quem sabe!

E você, o que vai fazer de bom em Setembro?
Espero que tenha se inspirado com estas ideias!
Beijos, até mais!

23 agosto 2014

Por Aí: Filme para Relaxar + Bienal do Livro no Final de Semana!

Nenhum comentário : | |
Oi pessoal!

O final de semana já está aqui, e é preciso aproveitar! Porque já disse alguém: “A vida é curta demais para ser pequena.” Né?

Um cineminha sempre vai bem pra relaxar! Assisti esse filme ontem e saí do cinema mais leve.

Sex Tape – Perdido da Nuvem 

Acabou de estreiar, é com a Cameron Diaz (que pelo jeito não vai sair do


gênero de comédia nunca mais) e um ator que eu não conhecia, Jason Segel. É risada na certa! Bem bobo, daqueles que você assiste e sente que deu uma esvaziada na mente – no bom sentido. Conta a história bem atual de um casal que já não tem muita intimidade depois de anos de casamento, e grava um vídeo de uma noite juntos no Ipad para apimentar a relação. E o vídeo vai parar na Nuvem! Por acaso, o marido gosta muito de Ipads, compra novos sempre, e já repassou seus antigos para vários conhecidos, que acabam tendo acesso ao vídeo por conta do compartilhamento com a Nuvem. Bobo, mas engraçado!
Assista o trailer!


Bienal do Livro
 
Outra dica muito boa para o final de semana é a Bienal do Livro, em São Paulo, que já está na 23a edição! Começou ontem, dia 22, e vai até dia 31 de Agosto, no Anhembi. Sempre quis ir, e este ano eu vou! As atrações são várias, dá pra ficar sem saber o que fazer primeiro.

Confiram as atrações além da exposição de livros:
  • Salão de Idéias (fóruns e palestras),
  • Espaço Imaginário (exposições),
  • Presença de autores (um deles é Maurício de Sousa, AMO a Mônica!)
  • Anfiteatro com apresentações musicais e peças, 
  • Arena Cultural com os escritores Best Sellers Nacionais e Internacionais
  • Cozinhando com Palavras, em que autores de livros de culinária e gastronomia ensinam receitas (quero muuuito ir ver!)
  • Escola do Livro, para profissionais do setor
  • Conteúdo em Convergência, um congresso sobre livro digital

Tem muito mais no Site da Bienal! No site existe uma Galeria Instagram, em que todas as fotos postadas com a hashtag #BienalDoLivroSP são exibidas! Doida pra ir logo, e depois contar tudo que vi e fiz aqui no blog!

Bom final de semana, e até breve! Bjoos!

20 agosto 2014

Workshop Falando de Moda Para Moda

Nenhum comentário : | |
Fui ontem à noite ao primeiro Workshop Falando de Moda Para Moda, realizado pela Inova Business School, de Campinas. Foi muito bacana! Bloggers (oui c'est moi), empresários de Moda e de Marketing da cidade estavam por lá.

O objetivo do evento foi discutir o mercado de Moda no Brasil e no contexto internacional, e contou com a ajuda dos empresários e profissionais das áreas de marketing, tendências e moda Renato Cechettini, Larissa Ortiz e Luís Rasquilha.



Quem esteve lá pôde entender melhor o quanto o Brasil ainda pode crescer e aparecer no mercado da Moda, entendendo através da palestra do Renato Cechettini como a Moda cresceu na Itália e em Milão, de acordo com a evolução econômica, mas também com influências do cinema, música e fatos históricos.
 

Um questionamento gerou curiosidade – o que seria "Made In Brazil"? O que a sensação de um produto Made In Brazil causa no consumidor? E o que podemos fazer para que o “Made In Brasil” passe a ideia de produtos de destaque mundial, de alto valor percebido? Uma vez que, quando pensamos em algo “Made In Italy”, temos a certeza de que o produto foi manufaturado de fato na Itália (e não na China, como grande parte de tudo que compramos), e de que se trata de um artigo de alta qualidade agregada, como os produtos das marcas da foto abaixo. 


 Discutimos na palestra da Larissa Ortiz o quanto o mercado de Moda poderia crescer em Campinas e Região, se empresas, colaboradores, associações e mídia trabalharem em conjunto pela marca da Moda, e mesmo pelo conceito do que poderia ser a Moda Made In Brazil, e o que seria a Brasilidade genuína. Campinas é também um mercado importante no Brasil, país de dimensões continentais, e tem grande potencial para abrigar um polo de moda, porque não?
E para pensar fora da caixa, considerando, no entanto, o embasamento firme dos conceitos de Marketing e Análise de Tendências, pudemos entender na palestra do Luís Rasquilha a dinâmica do mercado de Moda e ver um desenho de como este mercado irá se comportar em curto e médio prazos – sabendo que, segundo Luís, de 18 em 18 meses conceitos e informações mudam completamente e se reciclam, ocupando 2 vezes mais espaço e mudando o consumo, de forma geral. Hoje a informação muda e circula muito rápido! Aprendemos que não existe mais ponto de venda, mas sim ponto de consumo (já que você e eu, como consumidores, apenas escolhemos a marca ou produto que compramos porque rejeitamos as outras opções do mercado, e a compra ocorre de várias formas diferentes, não mais somente nas lojas físicas).


Vimos exemplos de produtos extraordinários para entendermos o que já existe no mercado de acordo com as tendências atuais, como os luxuosos Iphones personalizados em ouro (lindos, mas não sei se eu gostaria de comprar se pudesse - prefiro o Iphone comum, com capinhas variadas!).

Imagem de Mobile Expert
Ou como a loja especial da Urban Outfitters de Estocolmo, que fica num antigo teatro da cidade e mantém a estrutura original do local – pensando que todos curtem mesmo experimentar a roupa e sair do provador pra mostrá-la a alguém ou mesmo pra se ver melhor em outro espelho, os provadores da Urban Outfitters nessa loja-teatro foram colocados onde ficava o palco! Cada roupa provada, uma cena pra se ver! Fiquei com muita vontade de conhecer essa loja!
Imagem do Blog Vida Y Estilo
Imagem do Blog Vida Y Estilo
Imagem do Blog Vida Y Estilo
Enfim, o Workshop foi mesmo muito bacana! Vale informar que a Inova Business School tem um MBA em Moda, focado na “Brasilidade Tipo Exportação”, em que os temas discutidos no Workshop podem ser estudados em profundidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...